Self/less

Decidi assistir esse bom filme após ver o post sobre ele no blog “Melo e Mulkey”.

Sem Retorno
(Original:”Self/less”)
2015

evernote-camera-roll-20160121-85906-pm

Pôster do filme.
© 2015 — Endgame Entertainment.

País: EUA
Duração: 1h57m
Diretor: Tarsem Singh
Roteirista: David Pastor

Damian Hale é um magnata da cidade de Nova York. Ele gerencia imóveis e construções, é um dos homens mais relevantes segundo as revistas, basicamente definiu o crescimento da cidade. Porém, está velho e com câncer avançado, vai morrer em menos de 1 ano… na verdade, em menos de 6 meses… na verdade, a qualquer momento, está cuspindo sangue.

Um dia, recebe um cartão de uma empresa de genética “Fênix”, que oferece aos grandes gênios uma nova tecnologia de transferência de mentes. Ou seja, sua mente é transferida para um corpo jovem e saudável, que foi crescido em laboratório. Damian, tendo tanto dinheiro, logo aceita.

Adaptação

Depois da transferência, vem uma fase de adaptação ao novo corpo, para poder controlá-lo adequadamente. Mas parece que a mente também precisa de adaptação, pois surgem alucinações. O cientista e administrador da empresa, Albright, logo oferece um remédio que serve para impedir a rejeição pelo corpo, que diz ser como de um transplante de órgão.

Damian, o magnata, oficialmente morreu. Ele tomou um café “batizado” em um lugar específico com o intuito de ser levado embora pelo “SAMU”, que era a equipe da Fênix. Assim, ele deve esquecer a vida antiga, e começar a nova agora, com nova identidade. Por isso, é levado a um lugar “qualquer”, recebe uma nova história, e começa sua nova vida, com esportes, festas, sexo…

Mas sente-se infeliz. Não está tudo OK! E a situação piora quando ele esquece de tomar uma única dose do remédio. Os efeitos (alucinações) vêm fortíssimos. Relata ao Albright, que diz que não tomar o remédio realmente iria fazer isso, e resolve dar umas férias para Damian (que já tem um novo nome…). Só que no diálogo, Albright fala que a alucinação era com uma mulher latina, e Damian tinha dito apenas mulher… Como Albright sabia? Tinha algo muito real. Aquelas “alucinações” pareciam muito reais, também!

A verdade

Damian resolve investigar. A caixa d’água pintada com padrão de abóbora, das alucinações, existe, em uma cidade no país (EUA). Ele evade da viagem marcada pelo Albright e vai até a casa. Lá, encontra fotografias de seu novo corpo com a esposa anterior e a filha anterior! Ou seja, o corpo não foi criado em laboratório, foi tirado de alguém!!! De um militar, que parece ter ido à Guerra do Iraque.

A esposa chega, e pouco depois, os capangas do Albright, entre eles o negro que era seu vizinho, na casa que o Albright arranjou… Ou seja, Damian estava sob observação – nota: estranho que o notebook dado pelo Albright não estivesse sendo espionado também; o filme foi pensado antes do Snowden vazar informações sobre a NSA? -. Daí, a ideia é que sejam mortos Damian, a ex-esposa do corpo, e a ex-filha. Ou Damian não, se topasse seguir adiante e esquecer aquelas pessoas. Os pertences da antiga família começam a ser queimados.

Damian, porém, recusa-se a ir embora. Não estava certo aquilo que foi feito! Ele mata todos os capangas que ali estavam, e foge com a mulher e a criança. Ao longo do filme, ele conta à mulher o que ocorreu. Não exatamente de forma voluntária.

O futuro

Seu primeiro plano é visitar a esposa do cientista que desenvolveu a técnica de transferência de mente. Ocorre que Albright é o novo corpo e identidade do cientista… O corpo era de um assistente do cientista. A esposa nada sabe sobre nada, está em um asilo. Mas Albright é avisado da visita, e vai imediatamente ao quarto.

Lá, mostra que Damian está sendo hipócrita em reclamar com Albright, pois os remédios que Damian tomam servem exatamente para apagar a mente do hospedeiro, o ex-militar. Então Damian, se acha ruim o que foi feito, só precisaria parar de tomar remédio, ao invés de cobrar que Albright dê-lhe mais. Além disso, o ex-militar deu o corpo como uma forma de conseguir dinheiro para pagar o tratamento médico da filha, que do contrário morreria por uma doença.

Damian não pára de ser perseguido, e resolve pedir ajuda ao melhor amigo (o único?). Lá, descobrem que o filho desse amigo teve a mente transferida, mas que o amigo não sabe que o corpo veio de outra criança. Entretanto, ele pode ajudar Damian a fugir com “suas mulheres”, e tem a fórmula do remédio de Albright, que descobriu através de engenharia reversa. Perfeito para Damian viver independente em qualquer outro lugar do mundo.

Só que nem tudo dá certo. Albright fica sabendo que Damian está ali, e a fuga fracassa. Damian se salva, mas a esposa do corpo é capturada junto da filha. Damian sente necessidade de salvá-las, mas ninguém sabe onde fica a sede da Fênix. Ah, ninguém além do corpo! Damian então resolve parar de tomar remédio até lembrar onde é a sede, pois o militar, hospedeiro, sabia, pois foi levado até lá.

Descoberto o lugar, Damian vai até lá, mata Albright, mata uma galera toda, e resgata as mulheres. Em seguida, manda-as para um lugar qualquer no Caribe, e desaparece. Para sempre. Pois ele resolveu parar de tomar o remédio para o militar ressurgir. Uma mensagem em vídeo que gravou para ele tinha a intrução de como voltar para a família. E a família se reúne e vive feliz para sempre.

Opinião

O enredo é muito bom, eu nunca tinha imaginado como seria se algo assim acontecesse de verdade. Os próximos passos da trama são imprevisíveis… O final é emocionante, o velho Damian foi inesperadamente generoso! Ele tinha um grande império, era muito poderoso, a casa era um castelo; mas não ia deixar legado afetivo, e ele mudou seu final.

— Marly Batista

Um comentário