Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Anders Bateva

Nonfiction Litblog. Fichamentos / clippings / recortes de não-ficção. Prospecções literárias em: Ciências Sociais; Informática; e Ciências Ambientais.

Anders Bateva

Nonfiction Litblog. Fichamentos / clippings / recortes de não-ficção. Prospecções literárias em: Ciências Sociais; Informática; e Ciências Ambientais.

"Esquecer & Perdoar" ≠ "Vigiar & Punir"

Felizes no Amor: os segredos da vida a dois - Nancy Van Pelt - Casa Publicadora Brasileira - 4ª edição - 2003 - página 13.

Querida Ann Landers:
Você deve ser feita de pedra. Aconselha a cada esposo ou esposa, filho ou filha, namorado, amigo ou vizinho, a que perdoe e esqueça. Já lhe ocorreu alguma vez que algumas pessoas simplesmente não conseguem? Estão por demais magoadas e feridas. Por favor, tire a cabeça da areia ou das nuvens, ou de onde quer que esteja, e use-a para pensar. É um despropósito esperar que meros mortais ajam como se fossem santos.
Assinado: Humano de Verdade.

Querido Humano de Verdade:
Para aqueles que não gostam do meu conselho de perdoar e esquecer, aqui está uma alternativa: não perdoe e não esqueça. Mantenha vívido cada detalhe agonizador e tormentoso do passado. Fale sobre o problema. Sonhe com ele. Chore bastante e sinta pena de si mesmo(a). Perca peso e apareça perante seus amigos com um aspecto macilento e desfigurado, para que eles se preocupem com você. Desenvolva uma úlcera. Arranje uma enxaqueca. Quebre uma perna. Qualquer coisa que crie dor, e que o(a) ajude a lembrar-se sempre do que aquele rato ou aquela ratazana suja fez com você. Se seguir este conselho, esteja certo de terminar miserável, doente, amargurado(a) e só.
Assinado: Ann Landers.

Após ler "Frankenstein", e ter me identificado com a história, vi que "Vigiar & Punir" não é o melhor caminho para quem deseja ter uma vida feliz. Todo o tempo que gastei guardando rancor (a palavra vem de "ranço") e ressentimento contra outras pessoas poderia ter sido melhor investido em ações mais positivas. E, dado que é impossível esquecer algumas pessoas, pelo impacto que geraram na minha vida, teria sido muito melhor tê-las como lembranças de algo bom, ao invés de serem lembranças de coisas ruins. Felizmente, ainda há tempo na minha vida, e eu pude mudar de atitude. Rumo à felicidade, então!

Nuvem de tags (todas as etiquetas)

Arquivo anual

  1. 2021 ...
  2. 2020 (32)
  3. 2019 (15)
  4. 2018 (16)
  5. 2017 (08)
  6. 2016 (02)
  7. 2015 (02)
2012-2014: posts não mantiveram-se

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.